Wednesday, February 22, 2006

Massagem da Yoni


Yoni é uma palavra sânscrita para vagina que é traduzida vagamente como "o espaço sagrado" ou "o templo sagrado." Seus significados e uso são uma perspectiva diferente e alternativa da visão ocidental dos genitais femininos. Em Tantra, a Yoni é vista por uma perspectiva de amor e de respeito. Tal visão é de muita ajuda para os homens aprenderem.

A massagem da Yoni deve criar um espaço para a mulher (a receptora) relaxar, incorporar um estado de excitação e experimentar todo o prazer que sua Yoni proporciona. O parceiro (doador) experimenta a alegria de estar à serviço e de testemunhar um momento especial. A massagem da Yoni... é uma atividade excelente para construir a confiança e a intimidade. Alguns terapeutas de massagem e do sexo usam-na para ajudar mulheres a romper bloqueios ou traumas sexuais.

O objetivo da massagem da Yoni não é o orgasmo. O orgasmo é freqüentemente um efeito lateral agradável e muito bem-vindo. O objetivo é simplesmente dar prazer e massagear a Yoni. Nesta perspectiva, receptor e “doador” podem relaxar, não tendo que preocuparem-se com a realização de coisa alguma. Quando o orgasmo ocorre é geralmente mais expandido, mais intenso e satisfatório. O orgasmo é permitido acontecer ou não acontecer. É também muito importante que o doador não espere nada em troca. Permita apenas que o receptor aprecie a massagem e relaxe. Naturalmente, outras atividades sexuais podem seguir à massagem da Yoni. Porém isso deve ser inteiramente escolha da receptora. Este perspectiva construirá uma intimidade e confiança maiores e expandirá extremamente os horizontes sexuais.


PREPARAÇÃO


Banhar-se é antes é uma boa idéia porque relaxa tanto ao doador como a receptora. A massagem deve acontecer em um lugar quieto, tranqüilo, com música, velas e almofadas ou o que quer que faça os participantes relaxarem e sentirem-se seguros. Permitam-se bastante tempo. Não há pressa. È aconselhável também ir ao banheiro antes do início da massagem. Os melhores resultados ocorrerão quando os intestinos e bexiga estiverem vazios e assim se evita a experiência desnecessária de interromper a massagem para ir ao banheiro. O próximo passo é conectar-se com a parceira, abraçando-a, segurando-a, olho no olho por um tempo prolongado, ou o que leve os dois a um porto seguro e relaxamento.


PROCEDIMENTO


Faça com que a receptora se recoste sobre travesseiros colocados sob a cabeça de maneira que ela possa olhar na direção de seus genitais, e ao seu parceiro (doador). Coloque um travesseiro, coberto com uma toalha, sob seus quadris. Os pés devem estar separados, os joelhos ligeiramente dobrados (almofadas ou travesseiros debaixo dos joelhos ajudam), os genitais devem estar expostos. O doador se senta de pernas cruzadas entre os pés da receptora. O doador pode sentar-se em uma almofada ou travesseiro. Esta posição permite um acesso pleno a Yoni e outras partes do corpo.

Antes de entrar em contato com o corpo, comece a respirar profunda e relaxadamente. O doador e a receptora devem manter a respiração profunda, lenta durante todo o processo. O doador lembrará a receptora da necessidade de manter as respirações pausadas e profundas caso note que ela parou de respirar ou esteja respirando de maneira superficial. A respiração deve ser profunda. Não se deseja uma hiperventilação.

Comece gentilmente a massagear os pés, o abdômen, as coxas, os peitos, etc., para que a receptora comece a relaxar e para que o doador se prepare para tocar na Yoni.


Derrame uma pequena quantidade de óleo ou lubrificante de alta qualidade no monte da Yoni.

Derrame apenas o bastante de modo que o óleo escorra na direção dos lábios exteriores e cubra a parte externa do Yoni (diversos lubrificantes sexual excelentes estão disponíveis. Muitas lojas do lingerie, lojas de produtos sexuais oferecem estes lubrificantes seguros).

Comece a massagear delicadamente o monte de vênus e os lábios exteriores da Yoni. Invista algum tempo hora aqui e não se apresse. Relaxe e aprecie o ato de doar a massagem. Pressione os lábios exteriores entre o polegar e o dedo indicador, percorra em movimentos deslizantes, para cima e para baixo, todo o cumprimento dos lábios. Faça a mesma coisa com os lábios internos da Yoni/vagina. Devagar.


A receptora pode massagear seus próprios peitos ou pode apenas relaxar e continuar respirando profundamente. É importante que doador e receptora se olhem nos olhos tanto quanto possível. O receptor pode dizer ao doador se a pressão, a velocidade, a profundidade, etc., necessitam ser aumentadas ou diminuídas. Limite a conversa. Focalizem-se nas sensações prazerosas. (A minha experiência é que muita conversa nos tira dos sentimentos e diminui os efeitos.)


Afague delicadamente o clitóris com círculos no sentido horário e anti-horário. Pressione delicadamente com a ponta do polegar e dedo indicador. Faça isso como uma massagem e não exclusivamente para excitar a receptora. Sem dúvida, a receptora tornar-se-á estará excitada mas lembre-se de encoraja-la a relaxar e respirar.

Devagar e com muito cuidado, introduza o dedo médio de sua mão direita na Yoni (há uma razão para usar a mão direita em vez da esquerda. É uma questão de polaridade para o Tantra). Muito delicadamente explore e massageie o interior da vagina Yoni.

Sem pressa, devagar, sinta-o interior da Yoni, explore em todas as direções, acima, para baixo e lateralmente. Varie a profundidade, a velocidade e a pressão. Lembre-se, isso é uma massagem e você está nutrindo e relaxando a Yoni.

Com a palma da mão para cima e o dedo médio dentro da Yoni, mova o dedo médio no sentido de dentro para fora como se estivesse fazendo o gesto de "venha cá" gesticulam trazendo o dedo na direção da palma. Você encontrará uma área de tecido esponjoso logo abaixo do osso púbico, atrás do clitóris. Este é o ponto-G para o Tantra, o ponto sagrado (há muitos livros excelentes que entram em detalhes sobre esta área). Sua parceira pode sentir se quisesse urinar, pode também ser ou dolorido ou prazeroso.

Varie outra vez a pressão, a velocidade e padrão dos movimentos. Você pode mover o dedo lateralmente, para a frente e para trás, ou em círculos com seu dedo médio. Você pode também introduzir o dedo que está entre seu dedo médio e midinho. Verifique com sua parceira antes colocar dois dedos na Yoni. A maioria das mulheres pode não ter nenhum problema e poderão apreciar estímulo extra. Vá devagar e seja delicado. O doador pode usar o polegar da mão direita para simultaneamente estimular o clitóris.

A mão esquerda pode ser usada para massagear os peitos, o abdômen, ou o clitóris. Se você massageia o clitóris é bom usar o seu polegar em movimentos ascendente e descendente, com o restante da mão apoiando-se, descansando e massageando sobre o monte de Vênus.
O estímulo duplo das mãos direitas e esquerdas fornecerá muito prazer a receptora. Lembre-se que a massagem é para o prazer dela e a maior parte do benefício vem não somente da estimulação física mas também da intenção.

Continue massageando, tentando diferentes velocidades, pressões e movimentos. Mantenha a respiração e intercâmbio fixo do olhar. A receptora pode vir a ter emoções poderosas e pode chorar. Continue respirando e seja delicado e carinhoso. Muitas mulheres foram abusadas sexualmente e necessitam serem curadas.

Um parceiro paciente, doador e dedicado pode ser de grande valor para ela. Se ela tiver um orgasmo, ajude-a manter a respiração e continue massageando se ela quiser. Mais orgasmos podem ocorrer, cada um ganhando intensidade. Em Tantra isso se chama "cavalgar na onda." Muitas mulheres podem aprender a ser multi-orgásmicas com a massagem da Yoni e um parceiro paciente.

Continue massageando até que ela peça para parar. Muito lentamente, delicadamente, e com respeito, remova suas mãos. Permita que ela permaneça relaxada e aprecie o os sentimentos da massagem da Yoni. Aninhá-la nos braços, segura-la é muito reconfortante. Ao passo que você aprende a dominar a massagem da Yoni sua vida sexual será enriquecida e você aprenderá bastante sobre sexualidade.

ESTE TEXTO EN ESPAÑOL
Tradução livre de artigo de Jefferey Tye, copyright, feita por Sw.Deva Sumeet

3 Comments:

Blogger mabr2mil said...

Maravilhoso! Sou muito paciente e despojado, tendo acariciado minha parceira muitas vezes de forma semelhante, mas nunca tinha tido contato com a Massagem da Yoni e suas técnicas milenares.
Depois de ler este post, caprichei na dose e os resultados foram fantásticos: muita concentração, excitação e múltiplos orgasmos, seguidos de um sexo intenso como nunca... Adoramos!

4:06 PM  
Blogger Bruno said...

Bom dia... eu nunca tive contato com a massagem da Yoni... gostaria de saber onde consigo mais informações sobre como devo fazer a massagem, quais são os melhores movimentos para se fazer... grato

6:59 AM  
Blogger Aquele da silva said...

Muito bom, adorei, minha parceira tambem adorou, mas preciso de mais esclarecimentos de como convencer uma mulher casada e receosa a fazer tal massagem, adorei...

6:24 PM  

Post a Comment

<< Home